segunda-feira, 25 de novembro de 2013

O espelho dos outros!!!

Francine+Van+Hove+espelhos+1.jpg (474×630)

Tenho para mim que somos o espelho uns dos outros e, talvez  por isso, perceba mal o que leva tantos a fingir a idade que não têm...referindo-me eu neste caso, não aos mais jovens que a aumentam para ganhar estatuto, entrar onde ainda não devem, ou comprar o que ainda não podem, mas aqueles que mal descobrem uma ou duas rugas...ou mesmo sem elas...a partir de determinada altura na sua vida começam a dizer que têm menos idade do que realmente têm....Como se só pelo fato de o dizerem a coisa se torne verdade e possam enganar o tempo, da mesma maneira que às vezes conseguem enganar os outros...E digo às vezes, porque muitas vezes o que dizem não é de todo compatível com o que os outros vêem e a coisa pode tornar-se deveras deprimente...! Não vou julgar quem o faz...não gosto de julgar ninguém...cada um terá as suas razões...eu opto por o não fazer...prefiro mil vezes que me digam que pareço mais nova do que sou...ou simplesmente não digam nada, por corresponder aquilo que era esperado, do que fiquem a olhar para mim com ar de descrédito ou de pena por ser "tão nova"...e já estar tão "estragada"!
Há uns anos atrás davam-me facilmente menos dez anos do que aquilo que realmente tinha...com o nascimento da P. parece até que rejuvenesci e divertia-me a dizer a idade...porque as pessoas não acreditavam...depois com o nascimento do F., as duas gravidezes tardias começaram a deixar mazelas...ser mãe na idade que fui é maravilhoso mas implica como calculam um enorme desgaste físico.... e nestes últimos quatro anos com as preocupações da doença do maridão, e agora mais recentemente a da minha mãe, a minha aparência tem-se aproximado da minha idade real e vamos lá a ver se um destes dias não a ultrapassa...Por enquanto continuam a dar-me menos idade...afinal olham para os filhotes e ninguém se atreve a pensar que os tive tão tarde...! Mas embora como todas as mulheres goste de ter boa aparência e bem gostasse de ter descoberto a fonte da eterna juventude, não tenho medo das pequenas rugas que agora começo a descobrir, junto dos olhos...ou da pele menos firme por baixo do queixo...para não falar em mais coisas das quais a gravidade é inimiga...Aquilo que sou é a minha história...fruto da minha genética, mas também e sobretudo muito das minhas escolhas e da minha experiência de vida...Se posso e quero melhorar partes de mim? A resposta é sim e como sabem estou a trabalhar nisso...mas conheço cada bocadinho de mim e cada um deles me conta uma história especial...não me apanharão a retirar anos à idade...e acredito que quanto mais velha for mais orgulho terei do tempo que tiver vivido. 
Lembro-me sempre da conversa que tive um dia com a minha mãe (que também nunca escondeu a idade), sobre este tema...« A dona T. antes era mais velha do que eu quatro anos...mas com o tempo tem vindo a ficar mais nova e daqui a pouco a mais velha sou eu»!, contava ela e acabámos as duas a rir...É que de fato somos os espelhos uns dos outros e além do mais não somos parvos...temos olhos e sabemos fazer contas!
Acho que definitivamente o melhor é estar de bem com a nossa idade...amar cada dia que passa...cada época da nossa vida tem as suas caraterísticas e o seu objetivo e é fantástica por isso mesmo!

Bom dia e bem hajam queridos amigos!





74 comentários:


  1. Bom dia!
    Também se há coisa que nunca me preocupou foi a idade. Digo até que a minha mãe, desejando ter-me, me registou no dia em que nasci, mas que me foi conservando 'resguardada' para que mantivesse a aparência de jovem e alguma coisinha dessa juventude no espírito também.
    Mas há uns tempos para cá, não são os cabelitos brancos que assumi e penteio com orgulho que me assustam. Antes a falta de elasticidade para fazer alguns movimentos,,,

    E comecei o dia a escrever :)

    Beijo

    Laura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Laura...acredito que um espírito jovem influencia em muito a nossa aparência..o que vem de dentro resplandece por fora!!!
      Beijinhos e boa semana!

      Excluir
  2. Maria,
    A idade que temos varia consoante a proveniência do "cálculo": a própria pessoa, o registo civil, o olhar de terceiros, ou os sinais do corpo. Escolhe aquela que te fizer sentir melhor.
    Ambos nos podemos "acusar" de termos tido um processo de envelhecimento mais acelerado que o habitual nos últimos anos, fruto de processos que ocorre(ra)m na vida. Não são desejáveis, mas a acumulação de experiência ocorre 365 dias por ano e não se podem evitar - importa é saber lidar com eles.
    Muito boa gente preocupa-se demasiado em viver de acordo com normas estranhas a si própria, em vez de caminhar pela estrada que escolheu trilhar. Querem parecer "fixes", "bués". O medo (dessa gente) de ser olhada de modo diferente condiciona (os seus) comportamentos, agindo de maneira nada condizente com a sua personalidade, com as suas ambições, projectos, sonhos.
    Custa-me ver gente a limpar rugas externas, quando, por causa delas, criam outras internas, cuja dôr é mais intensa, prolongada e as marcas mais difíceis de apagar. A aparência continua a ser (excessivamente) valorizada por um sistema de sociedade decadente, enrugado, doentio, que serve para manter o domínio de gente sem ética, princípios, valores e honestidade, de acordo com a sua ambição (desmedida, bastas vezes).
    Há que não ter medo das rugas, Maria! Elas não reduzem a capacidade de sermos felizes, de praticarmos boas acções, de amarmos quem podemos amar, de criar saudável e alegremente os nossos rebentos, de vivermos em sociedades pacíficas, cultas e justas. Eu diria que não ter rugas pode ser mau sinal, de pouca "experiência" na vida (ou vida curta, se preferires).
    As rugas que necessitam cirurgia são aquelas que sistematicamente nos aparecem de quatro em quatro, ou cinco em cinco anos, que minam a nossa saúde e nos tornam cidadãos que não desejamos ser. Essas são as rugas nocivas, mas que felizmente as podemos apagar. E apenas depende da nossa vontade de sermos honestos connosco, de praticar acções responsáveis, de saber separar o trigo do joio. E então todos nós podemos aspirar a ser verdadeiramente felizes.
    Uma boa semana para ti e para os teus!

    Beijinhos para ti, o F. e a P., e aquele abraço especial para o "comandante".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá que bom ver-te por aqui...sabes concordo com tudo o que dizes...há muito que a vida me ensinou a pouca importância das aparências e quão essenciais são os valores que nos regem no coração e na alma...também aprendi que não tenho de me gerir aos olhos dos outros mas sim seguir o caminho que é o meu...Acho que quem como nós tem trilhado caminhos por vezes mais pedregosos também aprende mais depressa por um lado a superá-los e por outro assumir as responsabilidades que nos cabem quanto à formação ou não de outros tipos de rugas!

      Beijinhos meus da P.. do F. e do Comandante!
      Maria

      Excluir
  3. Olá Maria obrigada pelas visitas ali no blog, adorei seu texto, sabe Maria, eu n minto sobre minha idade mas tbm n fico falando...n gosto de ter a idade q tenho, e tbm n gosto de olhar certas expressçoes q estão mais acentuadas no rosto, mas fazer o que, todos passamos por isso e tenho q me conformar, mas queria ter sim menos idade q tenho hj., rosto lisinho, de mocinha..rs mas ainda n inventaram algo q possa mudar ...
    Mas ao mesmo tempo amadurecer, foi p mim um prazer enorme, da valor ao q é relamente válido, se importar n com muitas coisas, tipo o q pensam de mim, como sou, o que faço...quero mais curtir a vida, meu momento..minha família, n dar muitas satisfações a n ser p minha familia...isso me faz feliz e apesar da idade sou muito feliz com q adquiri...

    bjksss rose jp

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rose...acho que todos gostaríamos de manter a juventude do nosso corpo...mas o seu envelhecimento gradual traz consigo tantas outras coisas ao nível do crescimento da alma que acabamos por como diz ser muito felizes em cada idade...Pessoalmente não perco muito tempo a pensar na idade que tenho...antes me preocupo em aproveitar bem cada momento.~
      Beijinhos
      maria

      Excluir
  4. Temos que assumir nossa idade ,mesmo porque podemos fazer de tudo, mas mãos e pescoços revelam gritando a idade,rs beijos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade o pescoço e as mãos não mentem...!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  5. Concordo com tudo o que dizes Maria. Eu, digo a minha idade a toda a gente com muito orgulho mas porque aparento ser mais nova. Ninguém acredita que tenho um filho com 20 anos... Mas eu vejo-as, as rugas, as marcas da vida. Claro que as trato e tdmbem trato o corpo mas acima de tudo trato da alma. Essa sim, e que diz a nossa idade... Bjs Maria. Um bom dia para ti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, a nossa verdadeira idade é a da alma e creio como disse acima que transparece para o exterior a forma como vamos conseguindo o seu crescimento!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  6. concordo inteiramente com este post ... ainda há pouco tempo me tentavam impingir um anti rugas de 280€ ao qual respondi que eu iria ganhar muito mais rugas se o comprasse do que se não o usar :D é que acho o valor do creme tão absurdo que eu (caso cometesse a loucura de o comprar) choraria e lamentaria todos os dias esse dinheiro ... ou seja, envelhecia de preocupação :D beijinhos Maria e nada como aceitarmos aquilo que não podemos mudar ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aceitarmo-nos é o primeiro passo para a felicidade....! E não há anti rugas, mesmo de 280€ que consiga acabar com as mais perigosas rugas...as da alma!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  7. Bom diaaa!
    Concordo contigo ...O melhor de tudo é viver sem nos preocuparmos com as rugas ou ouro sinal da idade..assumirmos o que somos e como somos , assim quando nos perguntam dizemos sem expectativas... Até que não fui mãe tardia e não me dão normalmente a idade que tenho, mas também não me preocupo com isso, essencialmente gosto de me sentir bem comigo, com o meu corpo e ter vitalidade para fazer o que me agrada .. Portanto uma ginástica soft para relaxar basta-me ...Até hoje não recorri a nenhum artificio para melhorar alguma parte de mim ..nem penso fazê-lo ..prefiro gastar o dinheiro a viajar por exemplo e sempre que as fases da vida o permitem.., isso sim preenche-me e traz-me a força interior que preciso para me sentir bem.
    Como concordo com a tua última frase!..:)

    Beijinho Maria e uma boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Sorriso! Para além de tentar tornar a minha vida mais saudável também não penso fazer nada de invasivo para enganar o tempo ou o espelho...vale o aproveitar o que somos o que temos e aquilo que há-de vir!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  8. Podes crer que o melhor é ficares com a idade que tens, porque não vai adiantar nada quereres alterá-la agora. E nem percebo porque se "mente" nesse tema...quer dizer, perceber até percebo, mas nunca adianta.

    Beijinho em 2013

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esconder a idade é sempre a pior opção quanto a mim...afinal quem é que se quer enganar???
      Bjs
      Maria

      Excluir
  9. Ainda bem que eu tb pareço ter idade menor do que a real rs...


    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre agradável...mas quando não acontece temos é de aproveitar cada momento da vida!
      Bjs
      Maria

      Excluir
  10. O tempo passa sem paciências ou favores.

    Penso que mentir sobre a idade é ridiculo.

    Parecer mais velho/a ou mais jovem depende de tanta coisa.

    O mais importante é como nos sentimos connosco.

    Devemos ser os nossos melhores amigos/as.

    O espelho dos outros é um reflexo.

    Trazes cada tema, daria para uma enciclopédia.

    Bem Hajas e obrigado pela partilha.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pérola...sim o espelho dos outros é um reflexo e olha vou trazendo para aqui os temas que de alguma forma me vão tocando...!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  11. Todas as idades têm coisas fantásticas. Há que aproveitar o melhor de cada uma delas sem medo do avançar do tempo.

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tal e qual o que penso...nem mais!
      Bjs e boa semana
      Maria

      Excluir
  12. Engraçado que não tenho problemas em dizer a minha idade. Gosto de chocar e de mimos "ahhh nem pensar que te daria essa idade". Não são tantos assim, mas aqui no mundo dos blogues tenho evitado essa parte.
    São 48, sem rugas... e bem disposta.
    Digo muito vez (porque assim o sinto) são 20 anos e mais alguns de experiencia :)

    Beijinho Maria, votos de um excelente dia :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É esta precisamente a atitude Maria!!!
      Bjs e boa semana!
      Maria

      Excluir
  13. Olha agora é que disseste tudo. É realmente triste quando percebes que as pessoas tentam mudar aquilo que são. Devíamos ter orgulho daquilo que somos e da nossa idade, pois foi o passado que nos levou a sermos quem somos hoje. Tenho 22 anos e bem sei que ainda sou muito nova para opinar neste campo, mas um dia quero poder olhar-me ao espelho e orgulhar-me de tudo o que fiz na vida e pelo qual lutei , para ser aquilo que sou hoje, amanhã. Bom dia e tem uma excelente semana !! Beijinho xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vais orgulhar-te tenho a certeza...basta viver cada momento com a intensidade que merece e ir aprendendo com cada etapa da vida!
      Beijinhos e boa semana Anna!
      Maria

      Excluir
  14. Un escrito con mucha sabiduría. Besitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Karmen pelas tuas carinhosas palavras!
      Beijinhos e boa semana!
      Maria

      Excluir
  15. Bom dia Maria.
    Primeiro quero lhe agradecer pelo apoio.
    Obrigada.
    Depois quero lhe dizer está certíssima,para que mentir,seja na idade ou algo a mais.
    Devemos assumir com certeza a nossa idade,e aproveitar cada momento da nossa vida.
    Tenho 40 anos em crise pareço ter 50 rsrs,fora de crise me dão 28 em media rsrs.
    O importante é mantermos o espirito jovem.
    Que Deus de a seu marido muita saúde e a sua ame também.
    Deve ser uma barra,enfrentar ambos com a saúde delicada.
    Uma semana de muita saúde para você e toda a sua família.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mirtes
      Mais importante do que o envelhecimento do corpo é o crescimento da alma é esse que determina a nossa verdadeira idade...e só temos de aproveitar cada etapa da vida com tudo o que tem para nos ensinar!
      Beijinhos.tudo de bom e obrigada pelo carinho!
      Maria

      Excluir
  16. Olá Maria,
    gostei bastante da perspectiva que apresentaste aqui.
    Cada um de nós deveria conseguir aceitar que os anos passam, que vivemos! E se vivemos as rugas, o desgaste faz tudo parte. Obviamente que há quem se aproveite disso e se desleixe até mais não, mas enfim, há que saber aceitar.

    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aceitarmos cada fase da vida não quer dizer que não possamos cuidar de nós para estar no nosso melhor..podemos e devemos!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  17. Olá Maria:)

    Para já ao espelho dos outros pareço muito mais nova do que sou e até concordo, tenho 40 anos mas tenho um corpo franzino de miúda. Nunca enganei ninguém com a minha idade e até tenho orgulho dos meus 40. Mas quero chegar aos 80 e se possível com cara de 40. Isso é que era bom:)

    Boa semana!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não me importava de chegar jeitosinha aos oitenta...mas até me contentava em chegar aos oitenta...!
      Beijinhos amiga!
      Maria

      Excluir
  18. Nunca fui de mentir sobre a idade e não percebo porque o fazem...!
    Beijos querida Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisamente SuperS...precisamente o que acho!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  19. Olá Maria!
    O avançar da idade não me assusta... as rugas e os cabelos brancos também não... cada ruga e cada cabelo branco tem a sua história... e todas juntas são a minha história... Há dias menos bons, situações menos felizes, mas faz tudo parte do nosso processo, da nossa construção...
    Preocupa-me o meu ar cansado e covado de momento... não por mim, que por mim estou bem, mas não sei que influencias poderá ter no habitante da minha barriguita...
    Mas a minha idade faz parte da minha história... no dia que mentir a minha idade estarei a negar parte de mim, e isso não quero fazer, nunca...

    Beijinhos e obrigada pela inspiração que és!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo...negar a idade é negar parte de nós! Cuida-te...por ti e por quem aí vem de ti tens pela frente a mais maravilhosa aventura...!
      Beijinhos e obrigada pelas carinhosas palavras
      Maria

      Excluir
  20. Concordo com tudo Maria.
    Porque mentir sobre a idade ,eles estão cá no meu caso quase 58 e mesmo que minta ninguém mos vai tirar.
    Vejo algumas pessoas que na ânsia de parecerem mais novas fazem cirurgias plásticas que ainda ficam piores,algumas até assustam.
    Gosto de me arranjar e costumo recorrer à "caixinha da saúde"para dar mais um brilho ao rosto,mas as rugas ficam cá,umas ganhei-as a chorar mas muitas ganhei a sorrir,fazem parte da minha vida.
    Beijinhos e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que devemos fazer por estar no nosso melhor...agora negar a verdadeira idade não sei na verdade o que se poderá ganhar com isso...!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  21. Fui mãe muito jovem mas a idade e a aparência nunca me preocuparam!
    Penso até que sou invisível! :)

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A alma é invisível...tem idade e é essencial...!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  22. :) Amiga:)
    Até aos meus +- 30...sempre me deram mais idade do que aquela que tinha...depois aconteceu um fenomeno que não sei explicar...os ponteiros inverteram-se e começaram-me a dar menos, menos...qualquer dia estou adolescente outra vez:P
    ahahahahahah:)
    Se me perguntares, eu nem me acredito na idade que tenho, porque não a sinto. Encontro-me num bom momento, porque me aceito. A cabeça e o corpo estão de acordo, não há "guerras" internas:)

    Quanto a espelhos, estamos conversadas:) já sabes como sou:) damo-nos muito bem...à distância.
    Mas se procurava enganar o BI? Não! Não troco os meus 44 pelos meus vinte por nada nesta vida, até porque com 20 era uma miúda muito infeliz, hoje sou uma mulher muito, muito feliz e grata a Deus!
    Acho que é esse o segredo da minha "juventude";)

    jinhoooossssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não sinto a idade que tenho...nem tenho guerras internas..neste momento nem com o peso que preciso de corrigir por uma questão de saúde...E olha também não troco a minha idade pelos vinte...sou agora muito mais feliz...as melhores coisas da minha vida passaram-se depois dos quarenta na que chamo a minha segunda vida...!
      Beijinhos amiga querida
      Maria

      Excluir
  23. Muito engraçado e pertinente este teu texto.
    Porque na realidade cada pessoa gere a sua idade à sua maneira.
    O que eu não quero envelhecer é o meu estado de espírito e o meu cérebro,sou sexagenária e não me importo de dizer a minha idade, afinal ela também me tem dado coisa boas.
    Agora, as rugas ...sinceramente gostava de ter menos, pois tenho muitas,mas claro que as aceito.Até me dizem ( se calhar por amizade) que sõ rugas de expressão.:)))
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se pudéssemos dispensar as rugas....melhor...mas uma vez que não podemos...podemos pelo menos ler nelas momentos da nossa história e aprender a encontrar em cada idade o seu encanto!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  24. Eu acho que cada idade tem o seu "quê" de magia.
    Não é só o envelhecimento do corpo, mas sim o crescimento da alma, que conta. E a alma cresce com as diversas etapas da vida.
    Sempre aparentei ter menos idade, mas ninguém me tira estar perto dos 40, nem eu digo que não estou lá, quase a tocá-los. Com mais ruga ou menos ruga, gosto do tempo que já tive de vida, por ser esse tempo, que me envelhece, que tanto me tem ensinado. E até espero ter ainda mais uns bons anos, para continuar a aprender. As rugas não me incomodam, já os cabelos brancos...bem, mas esses têm solução. Pinto-os! :))

    Um beijo grande

    Sónia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É precisamente de crescimento e de aprendizagem que se trata e se o corpo vai perdendo o seu fulgor creio que a alma ganha cada vez mais força ...Quanto aos cabelos brancos tive-os desde muito nova e habituei-me por isso a pintá-los!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  25. Bom, também é ter a idade do céu....


    beij0

    ResponderExcluir
  26. Amiga concordo com cada palavrinha que disseste...Adoro os meus 45 aninhos...
    Beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha não tinha reparado só temos de trocar os números da tua idade e ficamos com a minha...!!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  27. Concordo totalmente. Adoro assumir-me como quarentona e mãe tardia, quando veem os meus 3 filhos ninguém acredita que não estou nos 30.
    Sabe tão bem!
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha a mim quando me vêem com os filhotes de sete e dez anos não acreditam que já não estou sequer na casa dos quarenta...eu fui mãe muito tardia e muito feliz também!!
      Beijinhos Paula
      Maria

      Excluir
  28. Não vale a pena fingir da idade
    Os anos passam deixam marcas
    Que não nos leve a felicidade
    Nem nos deixe as desgraças!

    Porque é mesmo assim a vida
    Que adianta esconder a idade
    Cara mais velha será menos bonita
    O que mais interessa é a personalidade!

    Gente velha, trapo novo
    Gente humilde e sincera
    Somos pessoas do povo
    Assim destino o quisera!

    Teu lindo nome Maria
    Lê-lo é um privilégio
    Vir aqui grande alegria
    Eduardo Maria Nunes
    O teu Maria não invejo!

    Boa noite para você,
    um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tão gentil Eduardo como sempre..poesia linda como sempre Obrigada! Fingir a idade para mim não vale a pena ...vivê-la ao máximo das suas potencialidades em cada idade isso sim!!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  29. Para que tentar evitar o inevitavel ,cada idade tem a sua magia nos transformamos conforme a vida que cada um de nos levara ,mas de uma coisa podemos ter a certeza o tempo e pedra fundamental na nossa vida ele nos molda com a delicadeza ou com a crueldade da própria vida .Mas o importante e o bem-estar físico e mental,muitos beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim o tempo marca a nossa vida...e de acordo com o que vivemos assim nos apresentamos interior e exteriormente...Não digo que não devamos cuidar de nós e apresentar de nós o melhor que conseguimos...em cada etapa mas que mentir sobre a idade não a anula e nega um pouco de nós. E sim manter-nos fisica e mentalmente bem é o fundamental!
      Beijinhos amigo!
      Maria
      PS. Emanuel, tenho ido ao sei blogue e gosto muito, queria ficar a seguir para ter as sua atualizações mas não consigo e queria comentar mas o blogger só aceita a minha conta pessoal que não uso na blogosfera...tenho pena de não poder retribuir o seu carinho e presença assídua tanto mais que gosto imenso do que escreve.

      Excluir
  30. Oi Maria *-* nem parecia texto parecia que estávamos conversando =) é não dá para fugir da idade.mas esconde-la é pior,você está super certa, não podemos fazer de "conta" temos que assumir a idade que temos!
    Maria que Deus abençoe sua família...que logo logo tudo esteja bem com sua mãe e seu marido...muita saúde a todos vocês.

    Um Forte Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho amiga, quem me acompanha há mais tempo sabe que esta luta tem sido difícil e não está ganha...mas também que estamos nela para ganhar...no meu marido tivemos na ultima cirurgia uma vitória importante...a minha mãe ...bem a minha mãe está uns dias melhor outros pior e vamos ver até onde conseguiremos ir...mas também aí temos fé de chegar cada vez mais longe! Obrigada mais uma vez pela sua atenção!
      E claro..para mim de fato não há razão para esconder a idade ...por mais que a neguemos ela está lá!!
      Beijinhos e um bom dia!
      Maria

      Excluir
  31. Acho que negar idade funciona para quem nega. Desde pequena, nunca quis ser mais velha.
    E acho uma curiosidade grande se perguntar a idade dos outros.
    Se me perguntam, diminuo tanto, para que quem perguntou, fique com car de bobo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem vinda Liliane, obrigada pela visita e pelo comentário...estava a torcer por que alguém que por hábito tirasse idade comentasse e dissesse das suas razões...obrigada!
      Cada pessoa é única e as coisas que não funcionam para uns encontram as sua razões noutros...!
      Beijinhos e bom dia!
      Maria

      Excluir
  32. Be proud of your age and be proud of who you are! I love me for me ;o) If I have a wrinkle, I am going to smile more and show it off ;o) I worked hard for that wrinkle! ;o) LOL! Hugs ;o)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Stacy...trabalhamos tanto pelas nossas rugas, pela nossa história...porque escondê-las?
      Beijinhos amiga querida adorei o comentário!
      Maria

      Excluir
  33. e cada idade tem sua extrema beleza, né/
    BEIJOKAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inteiramente de acordo Fabi!
      Beijinhos e bom dia!
      Maria

      Excluir
  34. Respostas
    1. Com a idade vamos percebendo estas coisas..verdade!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  35. todas as idades têm o seu encanto :)

    ResponderExcluir
  36. Confesso que não entendo as pessoas que mentem na idade. Talvez por terem vergonha de não terem feito isto ou aquilo que é suposto já terem feito com determinada idade? Será isso? Será só por razões estéticas? Não entendo.
    beijinho

    ResponderExcluir
  37. Eu de fato não entendo...mas por certo tem a ver com o fato de não aceitarem a idade e as mudanças que esta acarreta aos vários níveis...!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  38. Maria, tenho dificuldade de me ver ao espelho, não pelos pequenos cabelos brancos ou por uma ou outra ruga de expressão mas sim pela gordura que ano após ano adquiri, sinto que o corpo é emprestado, mas que se acomodou em mim definitivamente, contudo, não escondo a idade, beijinhos

    ResponderExcluir
  39. Seu texto é lindo ! Gostei de ler sobre a dona T que a cada ano se torna mais nova!
    A visão no espelho depende de cada um. A realidade pode ser dura, mas a saúde vem em primeiro olhar. A saúde está boa? está tudo ótimo.

    bjs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...