quinta-feira, 3 de abril de 2014

Gestos (Maratona do Desafio Rostos da Diferença)





E mais uma vez retomamos o Desafio Rostos da Diferença, numa maratona que nos vai levar até à proxima segunda feira. Desta vez temos a companhia e o interessante testemunho da Ana, de um blogue que sigo e gosto muito, No Mundo da Tatas.

As cidades tornam-nos frios. Vivemos em caixas e só conhecemos os vizinhos se tivermos sorte de nos cruzarmos com eles no elevador. Com os centros comerciais e hipermercados deixamos de conhecer os rostos que nos atendem  na rua cruzamo-nos com velhos (sim, VELHOS, não gosto da palavra Idoso), sem abrigo, deficientes, pessoas tristes e contentes, com almas...e vamos passando de forma quase indiferente.
Nas férias do ano passado, em Lagos, aprendi que por viver numa  cidade não temos de ser frios indiferentes na correria das nossas vidas.
No café de Lagos onde ia diariamente sempre me receberam com um sorriso.
No café de Lagos onde ia diariamente, ao segundo dia já sabiam o que eu ia tomar, porque eu ia lá todos os dias e porque eram as mesmas meninas que recebiam.
No café de Lagos onde ia diariamente assisti a algo que me marcou profundamente e que prova que são os nossos gestos que podem mudar esta vida fria que levamos nas cidades.
No café de Lagos onde ia diariamente, um dia vi chegar um homem com paralisia numa cadeira de rodas eléctrica e parar junto à entrada. Vi uma das meninas chegar com um café na mão e um sorriso matreiro que foi devolvido na mesma medida. Vi a menina colocar um açúcar e com o auxílio de uma palhinha ali mesmo dar o café ao homem na cadeira de rodas. Vi os dois repetirem os sorrisos e seguirem as suas vidas. Até amanhã.
Fiquei triste e aprendi. Fiquei triste por ter ficado surpreendida com  um gesto que deveria ser "normal". Aprendi que somos nós os motores da mudança nesta sociedade que se esvazia de valores. Aprendi que podemos ser nós os Rostos da diferença.

Ana - No Mundo da Tatas

Um texto num perspetiva diferente e a fazer refletir!!!! Na verdade podemos pintar , em pequenos gestos, o amor nos nossos dias!!!

Bom dia e bem hajam queridos amigos!!!



46 comentários:

  1. Maria...uma bela história de amor pelo próximo!
    Faz-me lembrar uma situação que vivi há já uns anos...em que o empregado de mesa mandou sair um pedinte (ainda eram poucos) da confeitaria chique em plena Avenida dos Aliados no Porto e eu que estava sozinha a lanchar...peguei no meu tabuleiro e sentei-me junto dele...saímos os dois! Provavelmente...só eu continuo a minha jornada por estes lados!!! Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que belo gesto o seu Graça, enorme coragem a fazer toda a diferença...que bela lição!!!!
      Quero acreditar que somos ainda alguns na jornada e que seremos cada vez mais:)))!!
      Beijinhos amiga
      Maria

      Excluir
  2. Às meninas educadas faz referência!
    Com gestos de bondade preciosos
    Nem todos os rostos da diferença
    São sempre assim tão generosos!

    Nos lábios com sorrisos de amizade,
    No café em Lagos, era bem recebida
    Nem sempre é assim na realidade
    numa sociedade cada vez menos unida!

    Um beijo para você, amiga Maria.
    Eduardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Eduardo infelizmente nem sempre assim vale a pena valorizar!!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  3. Respostas
    1. Deixa-nos a pensar...é a ideia!!!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  4. Linnndos rostos. De pequenos gestos assim se faz um mundo de diferença:)

    jinhooooosssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisamente amiga querida:))))!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  5. Respostas
    1. Um maravilhoso para to SuperS!!!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  6. Mais um texto que nos conduz à reflexão e que nos ensina a viver.

    ResponderExcluir
  7. Olá Maria,sabe que onde moro é um condomínio e se quer vemos os vizinhos.
    Se encontrá-los nos elevadores é um cumprimento e mais nada.
    Tenho saudades quando morava em uma casa e minha vizinha era como uma irmã,até hoje ainda temos grande amizade.
    Não sei,mas as pessoas se fecham como dentro de um casulo.
    Lindo texto.
    Bjs e obrigada pela visita.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também moro em apartamento e sei muito bem do que fala...a relação de vizinhança tão importante tem-se perdido...no meu caso a minha ligação mantem-se não com os vizinhos do meu condomínio mas com os dos condomínios ao lado por causa dos meus filhotes que lá têm amigos e o conhecimento e inter-ajuda estabelece-se a partir deles...!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  8. Tardeeeee

    Vc descreveu exatamente a forma em que vivemos, cada um na sua.
    Uma pena pq perdemos oportunidades de conhecermos e trocarmos experiências com tanta gente interessante.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neste caso foi a Ana do blogue No mundo da Tata que o descreveu muito bem!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  9. Gostei muito!
    Como é que posso enviar também um testemunho? :)))

    Beijinhos Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Desafio continua aberto...e tenho ainda bastantes para publicar, basta enviares o teu para proximacurva@hotmail.com...tenho todo o prazer na tua participação!!!
      Beijinhos

      Excluir
  10. Tudo poderia ser diferente e melhor se gestos como esse das meninas, ao ajudarem aquela pessoa que estava na cadeira de rodas fossem repetidos por outras pessoas. Tão simples e com consequências enormes.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. o desafio de abril não e meu, encontrei-o algures e alinhei.
    beijinhos e obrigada pelo teu carinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem então o teu consegui terminar...boa!!!! Obrigada pela oportunidade
      beijinhos
      maria

      Excluir
  12. Surpreendemo-nos todos os dias nesta vida ,pequenos gestos que fazem a diferença .Que diferença enorme da cidade para o campo ,eu bem posso dizer aqui moro num andar rodeado de vizinhos que nos cruzamos por acaso todos os dias com poucas palavras ,olho em redor demasiadas frias uns com os outros ,vejo bem a diferença na minha vila de Loriga terra dos meus pais que eu adotei como segunda casa ,ai encontro toda a paz que preciso no meio da Serra Estrela rodeada por montanhas de aguas transparentes ,neve de Inverno e sol de Verao ,nas pessoas vejo a alegria esbanja nos seus rostos ,ninguém e estranho aos olhos destas pessoas simples mas que partilham tudo o que tem ,como e bom sentirmo-nos vivos com tao pouco ,beijinhos Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também vivo em apartamento e aí o a palavra vizinho perdeu o valor, no entanto neste bairro sinto-me mais integrada do que naquele que vivia antes...tem a ver com o fato de muitos amiguinhos dos meus filhos viverem nos prédios ao lado e os meu filhotes praticarem desporto o clube do bairro...estabelecem-se relações de proximidade muito importantes!!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  13. Pequenas atitudes que fazem os nossos dias, melhores dias... :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certo...muito melhores!!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  14. Olá Maria:)

    Que bela história! Ainda existem pessoas fantásticas dispostas a ajudar quem precisa. Tomara que houvesse muito mais:)

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Respostas
    1. Obrigada, foi mesmo um excelente relato da Ana!!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  16. Um relato de um dia normal com uma lição de vida tão cheia de sentido! Bom fim de semana! Um abraço, Manuela

    ResponderExcluir
  17. Uma partilha muito bonita. E nós sempre a aprender! Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Alex a aprender todos com todos !!!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  18. Muito bela e tocante, esta partilha.
    "Habitamos um corpo
    para que haja gestos." - Sónia M


    Excelente fim de semana, Maria.
    Deixo um beijo grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Citação magnífica!!! Beijinhos querida Sónia!
      Maria

      Excluir
  19. Há gestos que falam de uma vida...há gestos que definem o amor pelos outros.
    Bj
    Graça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisamente Graça...é isso mesmo!!!
      Bjs
      Maria

      Excluir
  20. Um desafio emotivo.

    Já visitei o Munda da Tata e gostei.

    Obrigado pela iniciativa.

    Pode fazer toda a diferença.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim Pérola e vou também dando a conhecer blogues e pessoas fantásticas...!!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  21. A beautiful and thoughtful story ;o) Hugs ;o)

    ResponderExcluir
  22. Assim deveriam de ser todos os homens. Bons, afáveis e amigos dos outros, estender a mão a quem precisa, fazer de pequenos gestos para a melhoria da vida de tantos outros homens que deles precisam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o mundo seria bem diferente...!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
    2. E o mundo seria bem diferente...!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...