segunda-feira, 14 de abril de 2014

A casinha junto ao céu!!!


Ontem foi um dia de avivar de memórias, de lembrar rituais, de conversa amena e terna solta no caminho, em cada ponto marcado pela nossa história...«Naquela casa mãe foi para onde vim quando nasci não foi??? Éramos só nós duas então...o papá ainda trabalhava longe, só vinha ao fim de semana não era???»...«Sim filhota foi para aqui que vieste...mas o pai nunca deixou que fossemos apenas duas...fomos sempre três todos os dias da semana, mesmo com muitos quilómetros pelo meio....» A P. anuiu de olhinhos brilhantes «e já faltava pouco para sermos quatro...»...e o F. saltou contente...«mas eu já não vim para aqui...eu fui para a nossa casa preferida...» alvitrou ele, mortinho por se meter na conversa...e o seu olhar vivo e perscrutador, alongando-se na direção do mar, animou-se ainda mais ao reconhecer ao longe, recortada no horizonte e a beijar o céu, a casa que foi nossa até ele ter  quatro anos e a P. seis...! «Lá está ela ...lá está ela!!!!»
A nossa casa, nessa altura, era um apartamento, bem no alto de um edifício junto à praia, não era grande, nem extraordinário em nenhuma medida a não ser por ter o mar e as nuvens à janela e a areia quase aos pés...! Quando eram bem pequenos sentávamo-nos no grande sofá amarelo e "conversávamos" com as nuvens que iam passando, com o sol que se ia pondo ao longe, ou com alguma gaivota atrevida que nos visitava de surpresa...! Desse sofá no fundo da sala avistava-se o começo de toda a casa que "confluía" para o hall, ao alcance do nosso olhar…Nessa altura a P. e o F. compartilhavam o quarto e a enorme varanda fechada ligando esse quarto ao escritório permitia um fabuloso jogo de escondidas e brincadeiras inesperadas que ambos adoravam !!!
 A vida e as suas exigências fez com que, em determinada altura deixássemos aquela casa e optássemos por uma perto do colégio e do meu trabalho, longe da humidade do litoral, tão avessa à saúde do P., uma casa muito melhor, de longos corredores misteriosos, que me cativou…mas claro…embora seja quase tão alta como a outra, lá as nuvens não falam connosco e só dizem adeus de longe...espreitando entre os prédios…e não consta que desde que lá estamos tenhamos recebido a visita de alguma gaivota…e talvez por isso os meus filhotes nunca tenham gostado desta casa como da outra, mais pequena, mais à sua medida e tão pertinho do céu…! Outro dia…desesperada, ao vê-los olhar ainda desconfiados para a esquina do primeiro dos corredores ao cair da noite, não consegui calar-me .«Mas o que é que eu posso fazer para que vocês gostem desta casa como gostavam da outra…???»…« Encolhe-a mãe», respondeu o F. prontamente…e a P. abanou a cabeça em concordância…« e já agora leva-a para junto do mar…» acrescentou…E eu..rendida calei-me e deixei-me perder nas, na verdade, preciosas recordações do tempo em que conversávamos com as nuvens que passavam e dávamos as boas noites ao sol que se “deitava”…no horizonte…! Tempos maravilhosos numa casa, sem dúvida maravilhosa!!!!


Bom final de dia e bem hajam queridos amigos!!!




63 comentários:

  1. A dicotomia da mudança :)
    Eu adoro mudanças, mas na verdade há sempre algo melhor no que deixamos...acho que é o conhecido :)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Às vezes vale a pena voltar atrás! .)

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Um texto muito belo evocando lembranças que ficam no coração. Um beijinho. Ailime

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde madrinha.
    São de lembranças que ficam gravada tatuadas em nossas corações ,
    que por vezes nos ajudam e nos ensina viver.
    Gostaria de saber escrever coisas lindas como você
    sou uma simples mortal de alma tristonha tentando sobreviver .
    Que sua semana seja de suprema paz ..
    Beijinhos da afilhada..Evanir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá minha querida afilhada Evanir, são muitas vezes as recordações de dias felizes que nos ajudam a esperar por outros tão felizes como esses...Minha querida, sua alma não tem nada de tristonha, passado este momento mais sofrido vai estar recuperada e vivendo feliz que eu sei:))!!!
      Uma semana abençoada e serena....Mil beijos da madrinha Maria

      Excluir
  5. que registo lindo de memórias tão vivas e unidas. pena que as gaivotas não tenham ficado com a nova morada... mas há de haver forma de compensar ! beijinhos e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim arranjaremos maneira de compensar...mas tem sido mais difícil do que pensava:))!
      Beijinhos
      maria

      Excluir
  6. Relembrar é bom,só que algumas vezes aperta o coração,pela saudade do que ficou,dos que ficaram.Caminhar é preciso em busca de novos sonhos.
    Bjs,desejo uma semana de paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Podemos recordar mas sem deixar a nostalgia entrar no nosso coração!!!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  7. Doces lembranças que permanecem. Suaves lembranças que aquecem a nossa alma.

    ResponderExcluir
  8. Um texto real que se faz em muitas famílias hoje em dia.
    bjs
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, acredito que sim:))
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  9. Lembranças que nos confortam nas saudades ,um momento belíssimo de ler querida amiga Maria beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Há lugares que temos de deixar para trás, mas fica alí uma parte de nosso coração...
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim e definitivamente ali deixamos parte de nós mas trouxemos belas recordações...!!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  11. Ainda bem que temos destas memórias boas para recorrermos a elas de vez em quando ;)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Respostas
    1. «
      Momentos marcantes que farão sempre parte das suas memórias!

      Beijinhos. »

      Excluir
    2. Precisamente e felizmente amiga!!!
      beijinhos
      maria

      Excluir
  13. Respostas
    1. Boa noite,
      Momentos que marcam e nunca mais são esquecidos, os mesmos vivem permanentemente no pensamento.
      Noite feliz
      ag

      Excluir
    2. Bem verdade AG e peço desculpa por ter apagado o comentário sem querer!!
      Bjs
      Maria

      Excluir
  14. Respostas
    1. «Memórias vivas que guardamos no coração, permanecem sempre, elas fazem parte das nossas vidas.

      Boa semana querida

      beijinho e uma flor »
      (Flor de Jasmin)

      Excluir
    2. Sim memórias que viverão connosco para sempre!!! beijinhos amiga e perdoe que tenha apagado sem querer os comentários...!
      Maria

      Excluir
  15. Respostas
    1. «Boa noite Maria.
      Saudade deve doei, mas recordar tudo o que viveram deve ser uma sensação muito gostosa,de bons momentos vividos.
      Uma linda noite.
      Beijos. »
      (Mirtes)

      Excluir
    2. Sim a recordação permanecerá amiga!!!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  16. Respostas
    1. «Boas recordações que você traz na memória. Feliz Páscoa. Um abraço, Yayá. »

      Excluir
    2. Obrigada Yayá e feliz Páscoa para si!!!
      beijinhos amiga!
      Maria

      Excluir
  17. Respostas
    1. «Que belo texto cheio de lembranças =)

      Beijocas »
      (Cláudia)

      Excluir
    2. Obrigada Cláudia!!!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  18. Respostas
    1. «Pena que tenham deixado um refugio assim tão encantador.
      Boa semana.
      Beijinhos »

      Excluir
    2. Na verdade Rosinha não conseguiria manter as duas...com pena minha!!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  19. Respostas
    1. «Um texto muito bonito e com belas recordações :) »
      (Sara)

      Excluir
    2. Belas recordações sim:)))!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  20. Respostas
    1. «Bom dia Maria,
      Belas recordações!!!
      Sabes o meu sonho é um dia viver numa casa junto à praia!
      Bjs :) »
      (Marina)

      Excluir
    2. Também era o meu...mas a vida tinha outros planos:)))!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  21. Respostas
    1. «Compreendo-te muito bem amiga:) e compreendo-os a eles também lindamente. A impressão digital que fica no nosso coração da casa onde vivemos a nossa infância é inesquecível. No caso deles o que os mantem agarrados àquela lembrança é o contacto de perto com a natureza. Sei bem do que falo:) porque tenho duas assim em casa...que têm no seu código genético já gravado o cheiro a relva, a terra molhada a chuva, a sol e a mar. Também nós dizemos bom dia ao sol e segredamos boa noite à lua, muito de perto e sei bem que essas vossas maravilhosas memórias são insubstituíveis:) Jinhoooooosssss muitos meus amores ♥ »
      (Suricate)

      Excluir
    2. Ficarão para sempre presos aquela casa...e pensando bem eu trago bem dentro do coração aquela onde vivi até aos 7 anos, ficava dentro de um jardim botânico...mas isso é outra história!

      Excluir
  22. Respostas

    1. «Um belo texto repleto de recordações!!!
      Uma Páscoa bem gostosa!!!
      Bj amigo! »
      (Graça)

      Excluir
    2. Recordações lindase únicas....! Beijinhos
      Maria

      Excluir
  23. Queridos amigos, fiz asneira e apaguei os últimos 50 comentários, estou a copiar do gmail e a repor pouco a pouco, perdoem nem sei como aconteceu!!!

    ResponderExcluir
  24. Respostas
    1. Verdade querida Stacy!!!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  25. Sempre temos recordações de onde vivemos um dia. Se forem boas, então, jamais se apagam! É tentar substituir a alegria das gaivotas por outras. Tente
    bjo Zizi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já temos muitas outras...mas aquelas parece-me que brilharão para sempre nas suas e na minha mente:)))!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  26. Memórias, gosto, cheiros, paladares, sensações que nos ficam para a vida e nos fazem sorrir ao lembrar... Tão bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim não se consegue evitar um sorriso na cara:)))
      Beijinhos
      Maria

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...