quarta-feira, 16 de abril de 2014

The face behind the fear!!! (Desafio Rostos da Diferença)



Hoje no Desafio Rostos da Diferença, temos connosco o Rapfael do site Ô Trocyn Bão que vos convido a visitar!!!
Muitas vezes o medo impede-nos de ver claramente no primeiro contato...mas os rostos destinados a fazer a diferença, pequena ou grande na nossa vida irão faze-lo sempre...de uma forma ou de outra!!! Leiam então o relato do amigo Rapfael!!!

Tudo começou num fim de tarde e eu trabalhava numa empresa famosa onde no fim do meu serviço quando fosse a caminho de minha casa sempre teria que passar por dentro de uma favela. O tipo de roupa que eu usava era muito além das possibilidades daquelas pessoas que ali moravam, não que eu queria confrontá-las, mas o meu serviço exigia esse tipo de roupa. Confesso que dava medo, pois nessas comunidades não moram pessoas somente do bem e que não tem outro tipo de moradia para seus padrões financeiros, mas também mora gente do mal (bandidos, assaltantes, etc).
Era inevitável ter esse receio ao passar no meio dessa comunidade e acabar me deparando com esse lado do mal dessas comunidades, mas tinha de ser assim.
Bem, como falei anteriormente, era fim de tarde, voltava para casa e no meu caminho de volta, teria que cruzar uma linha de trem, era o meu caminho  a percorrer  para chegar ao meu destino. Os trabalhadores da empresa de trem estavam em greve, logo eu poderia cruzar a linha com a certeza e sem a preocupação de passar algum trem. Então, com o meu receio diário de ter que cruzar a comunidade (repito lá moram pessoas do bem mas também do mal).
Sendo assim, ao acabar de atravessar a linha do trem, eu escuto bem baixinho alguém chamando e como naquele momento não tinha ninguém em volta além de mim (assim pensava), olhei para trás e vi um senhor que beirava os seus setenta a oitenta anos de idade e que aparentava ser saudável. Perguntando o que queria, ele prontamente me respondeu para que eu pudesse ajudá-lo a atravessar a linha do trem. Bem pessoal, eu estava num lugar perigoso, os trabalhadores da companhia de trem em greve (logo não haveria dificuldade em atravessar a linha de trem), o senhor aparentava ter saúde, então a primeira coisa que me veio na cabeça  era que seria assaltado ou qualquer coisa nesse sentido. Argumentei com esse senhor que ele poderia atravessar sem problemas pois os trabalhadores do serviço estavam em greve, mas ele insistia para que eu o ajudasse na travessia, pois bem pensei comigo: Seja o que Deus quiser. E Deus quis. Ajudei o senhor a cruzar a linha do trem e ele olhou nos meus olhos, agradecendo emocionado a minha ajuda.
Com certeza aquele rosto, olhar, desse senhor, desde então me fez a diferença, pois compreendi que não existe lugar, momento, situação, onde não possamos praticar o bem, a ajuda ao próximo, pois aquele senhor fez-me a diferença, ao ensinar essas coisas simples da vida e desde então, aprendi a ser mais amável com as pessoas e que o pouco que ajudamos, será sempre muito para quem é ajudado.

Rapfael

Por detrás de qualquer medo pode estar um rosto da diferença, não acham???!

Bom dia e bem hajam queridos amigos!


28 comentários:

  1. Boa e bonita reflexão, Maria! Há ainda muita gente do bem e ajudar o próximo é uma coisa maravilhosa... Ser sensível e prudente, duas coisas importantes, né?!
    Um abraço... Obrigada pelas visitas por lá...
    Muita paz...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só o título é meu...o relato é do Rapfael...mas dá sim uma estupenda reflexão amiga!!!!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  2. Há muitos rostos que escondem os medos.
    Lindo texto.
    bjs amiga Maria.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O relato do Rapfael mostra como por vezes os nossos medos podem impedir-nos de ver os rostos que farão a diferença na nossa vida...no caso dele acabou por não acontecer assim!!!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  3. Confesso que ando com medo de tudo =/

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos temos medo...a questão é o que deixamos que ele nos faça:)))
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  4. O acreditar pode ser tão poderoso.

    Um testemunho emocionante.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. muito interessante, gostei da história!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim é um relato que nos deixa a pensar!!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  6. Verdade... o medo é inerente a condição que vivemos de segurança geral.
    Porém estamos também mergulhados em uma aceitação eterna da situação e isso é triste.
    As coisas dependem muito das pessoas que colocamos no comando mas nada impede que façamos a nossa parte na comunidade que vivemos.
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim amiga, começa em nós e continua naqueles que supostamente nos presentam nos poderes de gestão maiores...!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  7. Boa tarde,
    O relato é sinonimo que mesmo com medo é possível ajudar, a diferença entre as pessoas está no pensamento e não na aparência, penso assim.
    Dia feliz
    ag

    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também penso assim...mas para agir por vezes temos mesmo de ultrapassar o nosso medo e os nossos preconceitos...!
      Um ótimo dia para si AG
      Maria

      Excluir
  8. Belo exemplo,muitas vezes o medo nos impede de praticar uma boa ação ou mesmo de aproveitar uma oportunidade que surge na vida.
    Bom que nesse caso aconteceu o contrário.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim o Rapfael conseguiu ultrapassar o medo do que sabia e ajudar!!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  9. Muitas vezes temos medo , a violencia está muito grande , temos que ter cuidado é em generalizar, com isso é que temos que cuidar.
    bjs
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim o medo tem razões muito reais...temos de tentar analisar caso a caso e não desistir à primeira!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  10. Acho muito louvável a atitude do Rafael, mais valorizada pelo facto de ele ter tido medo de agir assim (eu também teria medo, em situação idêntica, confesso).
    Merece reflexão da nossa parte.

    Aproveito para desejar uma muito feliz PÁSCOA.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisamente o fato de ter ultrapassado o medo inicial valoriza o ato e todo o relato faz pensar!!!
      Uma feliz Páscoa para si também amiga!
      Bjs
      Maria

      Excluir
  11. Amiga Maria
    É com grande alegria que venho aqui agradecer pela divulgação e principalmente pelo carinho que sempre vem demonstrando para com a minha pessoa.e meu blog
    Agradeço também pela oportunidade que sempre nos brinda com seus textos, reflexões, aprendizado
    Fico orgulhoso por ter tido a oportunidade de encontrar pessoas assim como você nesse "mundão" cibernético e que só nos engrandece sempre mais
    Obrigado de coração

    Beijos com carinho

    Trocyn Bão
    Rafael e Minda

    www.riosul2012.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu é que agradeço Rapfael a sua ótima participação que nos pôs a pensar!!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  12. Muito bonita a história do Rafael. Mesmo sem perceber, o medo e o preconceito está dentro de nós, muitas vezes de forma bem sutil. Mas lições como esta nos mostram que precisamos olhar para as pessoas com os olhos do coracao! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem qualquer dúvida Vivi!!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  13. Bom dia, bom dia!
    Eu li esse relato há um tempinho atrás e sinceramente, acredito que qdo fazemos algo bom, em prol do próximo, nada de ruim nos acontecerá, pois Cristo está conosco.
    Gostei das fotos estampadas, diferente...

    Abração esmagador e uma Páscoa recheada de bênçãos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia amiga!!!! Uma Páscoa muito feliz para si...adorei o abração esmagador!!!! Mando outro para si!!!
      Beijinhos e tudo de bom!!!
      Maria

      Excluir
  14. Uma belíssima história de amor ao próximo. O medo foi vencido e ainda bem. Uma doce Páscoa. Maria!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Doce Páscoa para si também querida Emília!!!
      beijinhos
      Maria

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...