segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Bullying, a verdade que dói!


O bullying é infelizmente uma realidade em ascensão nas escolas e na sociedade....na primeira pessoa  ou através do que presenciamos ou sabemos dos outros, acabamos todos, de certa forma, envolvidos em situações desse tipo, ou em outras que sem o parecer tanto, o são também. Quem tem crianças na escola, teme pela sua segurança, sobretudo nas mudanças para novos ambientes, querendo acreditar que aquilo que lhes ensinou, aquilo para que os precaveu e a vigilância que deve vigorar no espaço escolar, garantida pelos responsáveis da mesma, cheguem para os manter afastados dessa realidade!
Infelizmente, como todos sabemos, nem sempre é assim...as escolas estão cada vez mais condicionadas nos seus recursos de segurança, as crianças vítimas de bullying tendem a esconder dos adultos, por vergonha e medo, aquilo que lhes acontece, por vezes diariamente nos corredores ou recreios no período escolar...tendem  a silenciar, humilhação, atrás de humilhação, até não aguentarem mais...ou até que alguém o perceba e atue..No entanto a omissão por parte de quem deveria estar atento e agir é vulgar, assumindo caraterísticas  muito próximas do próprio bullying.
As consequências são pois, para além de nefastas e marcantes para toda uma vida, por vezes mesmo fatais.
Pessoalmente é um fenómeno que me assusta, entristece e simultaneamente enfurece...afinal é bem fácil tornarmo-nos vitimas de bullying...pode ser pelo nosso peso, pela nossa cor, pela nossa origem, pela maneira como falamos, pelo que vestimos, pela nossa família, pelas pessoas com quem andamos, pela religião que professamos, pela beleza ou inteligência ou qualidade de vida invejadas...as causas são tantas e tão variadas que fazem pensar se resultam da vítima ou do agressor...!!!! Esse agressor também ele por certo uma vítima, embora por vezes não o saiba e isso não o desculpe.
Este é pois um assunto complexo, perigoso, que não cabe num post  e passa muito para além do conhecimento de uma leiga no tema como eu.  Mas não passa além do meu dever enquanto cidadã e, nessa perspetiva, não podia deixar passar neste Dia Mundial de Combate ao Bullying, mais uma oportunidade para refletir sobre o fenómeno. 
Agir, temos de agir todos os dias, estando atentos aos sinais, enquanto pais, enquanto educadores, enquanto cidadãos e fazer a nossa parte sem omissões quando for o caso!!!


Bom dia e bem hajam queridos amigos!!!!






46 comentários:

  1. Aqui também precisamos estar bem alertas e atentos. Tivemos que trocar netos de colégio por causa dele. Um horror! Mas olho vivo e faro fino! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem mesmo de ser Chica...esta a virar praga!!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  2. Verdade querida!! assuta mesmo nós enquanto pais. Obrigado por seres tão especial! ♥ bjinho gigante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neste momento querida Mel, o fenómeno está a tomar proporções mesmo assustadoras...!!
      Beijinhos enormes para ti também!!!
      Maria

      Excluir
  3. O vídeo é bem pertinente...tal como o tema!
    Uma bela escolha!!!
    Bj amigo

    ResponderExcluir
  4. O bullying é, para mim, uma das formas mais cobardes de as pessoas agirem. Mas também acho fundamental, além de se prestar apoio às vitimas, perceber o porquê de os agressores fazerem isto. Muitos partem de traumas pessoas que não conseguem superar porque não tiveram a devida ajuda

    Beijinhos, minha querida*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisamente daí ser um fenómeno tão complexo querida Andreia!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  5. Oi Maria,dever ser horrível,quem sofre de bullying,não só nas escolas,mas até nos ambientes profissionais.
    bjs amiga,lindo texto.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade também existe em ambientes profissionais...um horror!
      Bjs
      Maria

      Excluir
  6. Assustador! Vivo de coração nas mãos, afinal tenho 3 netos na escola, 2 deles mudaram de escola este ano, 1 para o 10º outro para o 7º.
    Hoje após o almoço conversei com a minha filhota sobre este tema, falamos muitas vezes sobre ele.

    Excelente texto, parabéns Maria.
    Boa semana, tudo de bom.

    beijinho e uma flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim minha amiga quem tem filhos ou netos na escola tem de andar bem atento!!!
      Obrigada pelo teu carinho
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  7. Um fenómeno horrível que deve ser combatido com todas as forças.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Completamente verdade!!!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  8. O bullying é muito triste, até as crianças pequenas cometem bullying.
    Pedrinho já passou por isso o ano passado na escola agressor um menino da idade dele 6 anos,mas felizmente o problema foi resolvido. Fico triste só em pensar! Maria,muito bom o seu texto!!
    Beijos
    Amara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim está acontecendo com muitos meninos começa a não haver um perfil específico para acontecer ...todos podem ser vítimas...Lamento muito que se tenha passado com o Pedrinho, ainda bem que está já tudo resolvido. Beijinhos
      Maria

      Excluir
  9. Acho querida amiga que sempre existiu ,agora talvez devido as tecnologias se de mais destaque ,porque eu ainda me lembro quando andei na escola o simples facto de nao ter um certo vestuario de marca ja era motivos para ser posto de lado ,porque bullying e ameaçar, oprimir, intimidar, humilhar e maltratar ,todas elas podem afectar emocionalmente e fisicamente quem sofre tamanha crueldade ,claro que e preciso ter atençao principalmente ao isolamento ,porque sofrer em silencio pode levar ao suicidio ,e arrepiante porque muitas vezes ate o proprio professor sofre estes actos ,nao quero ser cruel ,mas as leis deveriam ser mais punitivas mesmo para os menores que as praticam ,quem sofre tamanha atrocidades ficam para sempre com sequelas ,os proprios pais que vivem aterrorizados ,para nao falar das familias que perdem seus filhos nao e so com dialogo entre pais e filhos com conscientizaçao ,que se resolve este tema tao triste como o bullying que tantas marcas deixam .Querida amiga peço desculpa pelo comentario longo ,muitos beijinhos .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim agora tem mais visibilidade mas também creio que temos agora agressores em maior número e mais cheios de raiva e muitas vezes em valores...obrigada pelo seu intenso comentário querido amigo.
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  10. Um tema atual e pertinente que me leva a pensar, que um bullying é mais uma consequência da vida corrida dos nossos dias, em que os pais quase não vêm os filhos e consequentemente não lhes ensinam o respeito pelo outro..
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E muitas vezes eles crescem sem valores e sem perceção do bem e do mal...!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  11. Boa Noite Madrinha
    Bem colocada sua postagem sem dizer a tristeza que isso me causa
    nos dias de hoje.
    Isso bullying, eu sofro hoje no mundo virtual é cruel demais uma coisa dessa porém verdade que um dia posto no blog.
    A humilhação que recebi de um verme que se passa por amigo de todos quando na verdade é cruel no preconceito .
    Me perdoa o desabafo infelizmente li senti na carne a dor do preconceito .
    beijos no seu terno e doce coração.
    Afilhada que te de verdade.
    Evanir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Evanir, infelizmente bullying acontece de várias maneiras e em diferentes espaços...sabe o quanto lamento que tenha de ter sofrido algo semelhante..! Todo o meu carinho para si afilhada querida!
      Beijinhos mil!
      Maria

      Excluir
  12. Bom dia Maria.
    Um assunto realmente delicado, as crianças indefesas são as quem mais sofrem, por isso o dialogo entre pais e eles é fundamental. Com a minha filha tive um teoria, expliquei esse assunto de acordo como ela poderia entender ao 6 anos, pedir a ela se isso ocorre-se eu poderia resolver, todos os dias ao chegar na escola, perguntava a ela como foi o seu dia, esse 30 minutos de dialogo foi para a vida toda, por mais ocupada que eu estive sempre diariamente tinha esse tempo para ela, com isso não tive problema em relação a isso. hoje mesmo ela com 20 anos ficou o habito, continuo perguntando como foi o seu dia e conversamos.
    Muito obrigada pela suas palavras.
    Que Deus lhe abençoei e lhe guarde.
    Um excelente dia.
    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É essa atenção e diálogo aberto que fazem a diferença minha querida amiga...excelente pessoa e excelente mãe você querida Mirtes!!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  13. Olá, Maria.
    É preciso um olhar sempre atento para protegermos as nossas crianças. A família e a escola podem se antecipar e cuidar para que tais fatos não aconteçam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só a antecipação poderá ajudar tem toda a razão minha amiga!
      Bjs
      Maria

      Excluir
  14. Bom dia amiga Maria! ♡
    Assunto complexo sim, porém como disse, nada que nos impeça de ficarmos sempre alertas e educar quando necessário, sem ferir nenhuma das partes envolvidas.
    Tenha uma semana abençoada! ♡
    Bjokas da Bia! ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Beatriz uma semana abençoada para si também!
      Bjs
      maria

      Excluir
  15. Madrinha hoje venho te deixar um carinhoso beijo
    desejar um dia abençoado.
    Beijos da sua afilhada.
    Evanir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Evanir..dia abençoado para si também!!!!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  16. É na realidade uma realidade que nos preocupa e um alerta para estarmos muito atentas a todos os sinais em relação às crianças.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos mesmo que estar amiga...os casos são mais que muitos...!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  17. Talvez se não passasse tanta violência nos meios de comunicação o fenómeno retrocedesse ... Será ?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso que não bastaria...tem a ver com a vida difícil tendente à perda de valores, que se vive no país e no mundo.
      Abraço
      Maria

      Excluir
  18. Olá Maria
    Esse problema em nossas escolas também me preocupa demais sabia? Por que é algo difícil de ser combatido. Os jovens de hoje estão seletivos demais e eles segregam mesmo aqueles que são diferentes ou não se encaixam. Aquilo que a gente via só nos filmes americanos antigos é uma dura realidade para a gente. Espero que essas campanhas consigam resultados.
    Grande abraço
    Blog Fernu Fala II
    Meu Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É preocupante mesmo e neste momento qualquer um pode ser vítima..!
      Abraço
      Maria

      Excluir
  19. r: É verdade :)
    Ohh muito obrigada Maria :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu é que agradeço a visita...bem vinda!!!
      Bjs
      Maria

      Excluir
  20. Um grave problema hoje em dia, sim. É preciso estarmos muito atentos e ensinar as nossas crianças a lidarem com isso. Beijinho Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é a única maneira ... de pelo menos estarem preparados para lidar com a situação!
      Beijinhos
      Maria

      Excluir
  21. Olá madrinha da Evanir !! :)))

    Com este post (ainda não o tinha lido), denotas estar desperta para o assunto e consciente do que gravita à nossa volta.

    Bjinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gravita e pode "despencar" em cima de nós a qualquer momento :))!
      beijinhos
      Maria

      Excluir
  22. Infelizmente já tive contacto com o bullying: como estudante há uns bons anos e como mãe muito mais recentemente.
    É impressionante a maldade de algumas crianças mas também a passividade de alguns adultos. Ainda esta semana intervim no meio de uma luta de crianças em que 2 miúdos (com os seus 6 anos) batiam numa menina da mesma idade... a auxiliar estava ali ao lado e só se meteu depois de eu os ter separado e de lhes estar a pedir satisfações para a sua atitude.. Já no ano passado aconteceu uma situação exatamente igual - estão lá mas não estão e as crianças estão abandonadas à sua sorte. É muito triste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É terrível...reparaste na quantidade das pessoas que comentaram que de alguma forma tiveram já contato com situações semelhantes? E sim muitas vezes que deveria estar atento não o está....enfim!
      Bjs
      Maria

      Excluir
    2. É realmente impressionante.
      A única coisa boa no facto de tantas pessoas estarem a referir-se conhecer casos iguais, só mesmo por mostrarem que as coisas estão a mudar e que as pessoas começam efetivamente a preocupar-se com isso.
      Infelizmente ainda há muitos que ignoram ou que minimizam o impacto do bullying. Espero que a consciência permita que as pessoas se comecem a intrometer mais nestes assuntos, que não deixem passar ou não justifiquem tudo como sendo "coisas de miúdos".
      Por exemplo, eu não sei se a agressão onde eu me meti era algo recorrente ou se foi só naquele dia mas acho que o mais importante é mostrar-lhes que, mesmo que não seja recorrente, é reprovável e que há outras formas de resolver a situação.

      Mas a mim assusta-me um tanto ver as auxiliares impávidas e serenas a assistir a tudo. Até porque é a função delas intervir e esta auxiliar também estava lá no ano passado a ter exatamente a mesma atitude: a fingir que não vê. Da última vez estava à conversa com outra auxiliar e estavam a ignorar completamente todas as crianças que se encontravam no intervalo, desta vez estava sozinha, viu aquilo e não se metia na mesma.

      Excluir
  23. Triste, muito triste!
    A quem o sofre, a quem o comete e a quem a assiste e nada faz para parar !

    Uma, mais uma, inquietude e drama dos tempos que vivemos.
    Ana

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...